Quero mostrar que esta fase também pode e deve ser bonita, saudável, activa e vivida com muita felicidade!!...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Andropausa


Há uma "menopausa masculina"?
Sim, os homens não estão imunes às alterações da meia-idade, resultantes do declínio das hormonas.

De igual forma que em relação às mulheres, entre os 30 e os 55 anos a maioria dos homens começa a sofrer alterações atribuídas ao “envelhecimento” e que se sabe agora que à semelhança das mulheres, se deve a desequilíbrios hormonais – andropausa.
Enquanto a menopausa se instala de forma abrupta, a andropausa tende a ser um fenómeno insidioso, lento e gradual, instalando-se num período de cerca de 20 anos. Com sintomatologia leve no início, eventualmente atinge o “coração” de um homem quando se dá conta que perdeu muito da sua função sexual e que tem gradual incapacidade mental Se não for tratada, a andropausa tem uma expressão tanto ou mais severa do que a menopausa.
A disfunção sexual no macho idoso está primariamente associada à disfunção eréctil e só secundariamente à disfunção ejaculatória. Esta última é induzida muitas vezes pela cirurgia da próstata. No homem com diminuição sexual, a diminuição da libido (apetite sexual) está muito associada a uma diminuição do bem-estar e/ou depressão podendo ser aliviada pela terapia de substituição hormonal.
O declínio cognitivo (funções superiores cerebrais), a obesidade visceral (gordura depositada à volta das vísceras, a osteopenia (diminuição da massa óssea) e sarcopenia (diminuição da massa muscular), acompanham-se de deficiência hormonal androgénica (hormonas masculinas) no envelhecimento.
A diminuição nos níveis de androgénios (testosterona,DHEA e androstenediona) é observada a partir da 4ª década de vida e é frequentemente associada a sintomas de envelhecimento, e referida como andropausa devido ao nome médico para as hormonas masculinas ser "androgénios". Diferentemente do que se passa na mulher (em relação às suas hormonas femininas (estrogénios e progesterona), no homem a andropausa é um processo lento e gradual.
Frequentemente o 1º sintoma é uma diminuição nas erecções matinais, seguida da diminuição do desejo sexual (líbido). Segue-se sintomas como uma baixa de energia, depressão, sensação de "cansado mas tenso" e diminuição geral da resistência à medida que a Testosterona e a DHEA diminuem com a idade, sendo estas as hormonas anabólicas mais importantes para aumentar a energia, diminuir a fadiga e manter uma boa função eréctil, bem como um desempenho sexual normal. Elas aumentam a força dos tecidos estruturais: pele, osso e músculos (incluindo o músculo cardíaco). Previnem a fadiga física e intelectual, tendo profundo impacto nos atributos físicos e mentais que fazem o homem "MACHO".
Exercício, nutrição apropriada, controlo do stress, Zinco,Selénio, e hormonoterapia corrigem esta situação com mais de 94% de bons resultados.

"O seu corpo é um bem precioso. Ele é o único veículo que o leva a acordar todas as manhãs. Trate-o com cuidado."

Fonte "Sapo Saúde"

Sem comentários:

Enviar um comentário