Quero mostrar que esta fase também pode e deve ser bonita, saudável, activa e vivida com muita felicidade!!...

terça-feira, 9 de março de 2010

Nova proposta informática visa população sénior



Está no mercado a iniciativa "Activo PC Sénior", uma nova oferta para a população sénior que junta site com informação e conteúdos, software e computadores.
Promovida pela Inforlandia, em conjunto com a Microsoft Portugal, a Caixa Geral de Depósitos (CGD), a Rede de Universidades da Terceira Idade (RUTIS) e a INSYS, a iniciativa prevê a disponibilização de quatro modelos de computadores, com preços a rondar os 600 euros.
Os portáteis, "concebidos de raiz para o público sénior", referem os promotores, chegam ao mercado em duas vertentes: a comercialização exclusiva de três modelos de computadores para clientes Caixa Geral de Depósitos e a venda de um quarto modelo de computador portátil, denominado "PC Sénior Virtual", destinado a alunos e professores da RUTIS.
A aquisição é efectuada através dos balcões da CGD e através da página da RUTIS criada para o efeito, no caso do PC Sénior Virtual.
Os quatro PCs podem ser adquiridos a pronto pagamento ou através de modelos de financiamento, disponibilizados pela CGD, mediante uma modalidade de pagamento mensal a crédito.
No que diz respeito à configuração das máquinas, os portáteis integram o sistema operativo Windows 7 da Microsoft, o pacote de aplicações de produtividade pessoal Office 2007, versão Casa e Escritório e Versão Estudante (no caso do modelo comercializado pela RUTIS) e software de aprendizagem.

"O crescimento da população sénior portuguesa cria um desafio: manter este conjunto de indivíduos activos e integrados na sociedade e nos seus núcleos familiares. Tendo por base esta premissa e ainda o reconhecimento da importância crescente da franja de mercado Sénior (…) foi criada uma iniciativa pensada para fazer chegar a tecnologia a faixas etárias que terão menos familiaridade com as tecnologias de informação e que mantêm o interesse e apetência pela aprendizagem e reforço de competências para a sua actividade profissional, conhecimento pessoal e ligação ao seu núcleo familiar", refere a Inforlandia num comunicado enviado à imprensa.

Sem comentários:

Enviar um comentário