Quero mostrar que esta fase também pode e deve ser bonita, saudável, activa e vivida com muita felicidade!!...

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Andar regularmente ajuda a evitar demência em idosos, diz estudo.

Um estudo divulgado por investigadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, revelou um benefício para quem se exercita com caminhadas, principalmente os mais idosos.
Caminhar, além de fazer bem para o corpo, é bom para a mente. O exercício aeróbico oxigena o cérebro, desenvolve as células e evita a demência.
Para chegar a essa conclusão, os cientistas norte-americanos reuniram quase 300 pessoas a partir de 1989, todas na faixa dos 78 anos e com boa saúde. Pediram que registassem a distância caminhada por dia.
Treze anos depois, os cientistas constataram doenças como demência em 116 pessoas, 40% do grupo. Já a outra turma – a dos mais saudáveis – era formada por aqueles que mais andavam. Eles não perderam massa cerebral e reduziram pela metade o risco de ter problemas de memória.
Os saudáveis andaram regularmente pelo menos 72 quarteirões por semana. Isso equivale a, aproximadamente, dez quilómetros. Por dia, são quase 1,5 quilómetro.

1 comentário:

  1. boa tarde Mariana. Desculpe invadir o seu espaço mas gostaria de falar consigo. sou jornalista e estou a preparar um tema sobre pessoas que assumam gostar mais delas próprias actualmente do que quando tinham 20 anos. Será que me consegue ajudar?carlotinhaleal@gmail.com fico a aguardar um contacto. muito obrigada pela atenção

    ResponderEliminar