Quero mostrar que esta fase também pode e deve ser bonita, saudável, activa e vivida com muita felicidade!!...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Saiba se sofre de Cataratas

Tem visão turva?



Pode ser o primeiro sinal de que sofre de cataratas. Um problema que afecta 20 por cento da população mundial.
A visão turva, as cores esbatidas (os azuis, bem como a acentuação dos vermelhos, amarelos e alaranjados) e a miopia são alguns dos sintomas que se manifestam com o aparecimento de cataratas (opacidade parcial ou total do cristalino ocular). Contudo, trata-se de um processo indolor que provoca sintomas visuais praticamente imperceptíveis ao início e cuja evolução é quase sempre muito lenta.
Existem várias para o aparecimento da opacidade do cristalino, aliás podem produzir-se cataratas congénitas, presentes desde o nascimento, cataratas adquiridas, provocada por um traumatismo ocular ou enquanto complicação de uma doença grave, como diabetes, gota e hipotiroidismo. Por fim, a maioria das cataratas surgem depois dos 60 anos, originadas pelas transformações sofridas pelo cristalino ao longo dos anos, nomeadamente devido à perda do seu conteúdo aquoso e à condensação das duas fibras. São conhecidas como cataratas senis, sendo uma das principais causas de cegueira em idosos.

O envelhecimento ocular

Durante o processo de envelhecimento as pupilas deixam de dilatar com tanta frequência, reduzindo a intensidade de luz que chega à retina. Por norma, a partir dos 80 anos a retina recebe um sexto da luminosidade que recebia aos 20 anos, se estivermos a falar de uma área bem iluminada. Caso contrário, o valor pode descer até aos 1/16.

Por outro lado, as lentes oculares tornam-se também menos flexíveis, não se ajustando correctamente a diferentes distâncias. Todas as alterações consequentes do envelhecimento tornam os olhos mais vulneráveis a problemas oculares, nomeadamente às cataratas.

Soluções de tratamento

O tipo de tratamento depende do estado evolutivo da doença, ou seja, no caso das cataratas parciais que pouco dificultam a visão, o tratamento médico envolve a toma de colírios cidriáticos ou então a prescrição de óculos de correcção.

Contudo, nos casos mais evoluídos da doença a solução passa por uma intervenção cirúrgica que implica a colocação de uma lente intra-ocular. E, se até agora o doente teria de optar por uma boa visão ao perto ou ao longe, hoje, o tratamento das cataratas caminha a passos largos para uma correcção quase perfeita. Aliás, a extracção de cataratas constitui umas das operações menos complexas e mais bem-sucedidas e, desde que os olhos sejam saudáveis, o sucesso dos resultados ascende os 90 por cento.

Aliás, uma nova técnica desenvolvida por um oftalmologista português, dois norte-americanos e um espanhol já está a ser aplicada, aos poucos, no nosso país. A técnica Mix & Match, como é conhecida, permite uma boa visão a todas as distâncias, graças à combinação de lentes multifocais diferentes. Esta cirurgia, no entanto, só pode ser aplicada quando o problema afecta os dois olhos.
 
Fonte "Idade Maior"

1 comentário:

  1. Nunca renuncie a um sonho, mesmo que ele te pareça impossível!
    FELIZ domingo!
    Bjs!

    ResponderEliminar