Quero mostrar que esta fase também pode e deve ser bonita, saudável, activa e vivida com muita felicidade!!...

quinta-feira, 10 de março de 2011

Consulta masculina: antes que seja tarde!

Como já deve saber mais vale prevenir do que remediar. Porque não fazer de tempos a tempos uma consulta geral??

Veja o que não pode faltar no atendimento médico para garantir a boa saúde.

Ginecologista

O ginecologista não trata apenas do órgão sexual feminino. Ele também é importante na saúde da mulher como um todo. As consultas podem detectar inúmeros problemas que vão além da libido e isso é possível, especialmente, pelo facto das visitas ao médico serem constantes. Já com os homens, o mesmo não acontece.
Não existe uma especialidade médica para o homem equivalente ao ginecologista para a mulher. O urologista, por exemplo, costuma ser procurado quando existem problemas pontuais relacionadas com a próstata, em vez das consultas periódicas de carácter preventivo. Outros especialistas também devem ser requisitados pontualmente, de forma a serem feitos chekups regulares. O médico pode fazer uma avaliação mais ampla e, assim, detectar com antecedência possíveis problemas.

O primeiro passo é ter uma boa conversa com o médico. A primeira avaliação clínica deve ser cuidadosa e verificar questões genéricas como vacinação, histórico de procedimentos cirúrgicos, doenças prévias, alimentação e qualidade do sono, hábitos desportistas, etc.
O histórico familiar de doença é outra peça fundamental. Muitas doenças têm o risco aumentado quando há histórico de familiares, especialmente em parentes de primeiro grau. Hipertensão e cancro são dois problemas que requerem atenção, pois costumam ter uma componente hereditária.

Circunferência abdominal

O simples acto de medir a circunferência abdominal do homem ajuda a identificar o risco de algumas doenças. Quando ela é igual ou superior a 102 centímetros, o paciente está mais sujeito a desenvolver síndrome metabólica, que pode se manifestar com diabetes, hipertensão arterial e colesterol alto, entre outras complicações.
Excesso de peso e obesidade são potenciais geradores de problemas como o infarte e acidente vascular cerebral (AVC). O excesso de peso pode desencadear ou agravar apneia do sono, o que pode levar a problemas sexuais.
Além de medir a circunferência abdominal, o médicos costumam medir a frequência cardíaca, escutar o coração e os pulmões. O peso, a altura e índice de massa corporal, bem como a medida da pressão arterial são indicadores essenciais.

Avaliação do metabolismo

Um exame de sangue simples é suficiente para verificar como está o metabolismo masculino. Ácido úrico, colesterol, triglicéridos e glicemia são fundamentais e precisam ser avaliados de forma rotineira.
Alterações nestes indicadores podem ser sinal de alerta para problemas como má alimentação ou disfunção da glândula tiróide. Neste último caso, a doença pode comprometer o funcionamento de diversos órgãos e acelerar o ganho de peso.

Próstata

É fundamental que os homens façam acompanhamento da próstata a partir dos 40 anos. O cancro da próstata é um dos principais tumores masculinos. O exame de toque é o mais eficiente para detectá-lo. Pelo toque, o médico consegue detectar pequenas alterações na anatomia da próstata que podem indicar o surgimento de um tumor. Existem outros indicadores, como o PSA, mas podem não ser tão rigorosos nem tão rápidos na indicação da doença.
A rapidez no diagnóstico é fundamental para que se inicie o tratamento antes do tumor se agravar. Quanto mais avança, maior o risco da cirurgia para retirá-lo. Disfunção eréctil e incontinência urinária estão entre as possíveis sequelas do procedimento cirúrgico.

Doenças sexuais e libido

Caso o paciente tenha menos de 40 anos, também é importante uma avaliação urológica. O médico deverá avaliar questões relativas à libido e alertar para doenças sexualmente transmissíveis. A própria limpeza correcta do pénis é um tema a ser abordado, visto que a higiene inadequada é um dos principais motivos para tumores no órgão sexual.

Fonte "Idade Maior"

2 comentários:

  1. Oi querida!
    Super interessante seu blog, vou vir sempre por aqui: ADOREI.
    Beijinhos e uma linda semana.

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante este teu outro blog (principalmente para mim, que trabalho com população sénior). Abordas temas muito interessantes.
    Também vou seguir este.

    Beijinhos

    ResponderEliminar